O mito (ou não) da bruxa que habita em mim...

Bom, há muito não passo por aqui... e como poucas pessoas que me conhecem sabem, quando pego pra escrever é quase o mesmo tanto qdo falo... então pega de novo a cadeirinha e leia se estiver com paciência rsrsrrs

Eu já imaginava, mas hoje eu tive a constatação. Reza a lenda que a Pati que está por trás do Biscuit da Pati é uma bruxa verde com verrugas cabeludas. Você ri daí e eu, agora, rio tb... mas qdo começou essa conversa eu já chorei muito, viu?!

As pessoas são ruins com o que não conhecem ou com o que ACHAM que dificilmente terão acesso. É muito, mas muuuuuito mais fácil desmerecer alguém quando essa pessoa faz algum trabalho que se destaca, do que elogiar. O elogio parece que dá à pessoa alvo forças. E não... ninguém quer fortalecer o outro. Então os desmerecem.

A primeira vez que eu ouvi ou li que eu era "estrelinha" foi um dia que me fez muito mal. Hoje lido melhor com esse tipo de gente, mas ainda assim me dá um pouco de enjôo... pq não sou NADA disso. Minha mãe hoje de manhã estava me xingando pq eu ando mal arrumada durante a semana, com roupa furada e suja de tinta (poxa vida, hem, mãe?!)... que eu deveria me arrumar mais... como uma pessoa dessas (no caso, eu) pode ser "estrelinha"?!

Hoje, domingo dia 29 de junho de 2014 dei a aula do personagem Woody em biscuit para uma turma recorde de 15 alunas (meninas, sinto muito, mas as próximas aulas teremos somente 12 alunas por turma, ok?! rsrsrsr). E várias me falaram que caiu por terra o que elas andaram lendo ou ouvindo a meu respeito...

´Péra lá!!! O que as pessoas andam falando de mim por aí??

Bom, meu recado são para 3 tipos de pessoas (pode pular para onde vc se enquadra se não quiser ler tudo kkkk):

* Pessoas que me conheceram e me abraçaram com toda a força do mundo dizendo que são minhas fãs: Eu fico sem graçaaaaaa!! Não sei ter fãs kkkk Chorei com todas! To-das! Obrigada por terem acreditado não só no meu trabalho, como em mim, enquanto pessoa!! Obrigada!!!

* Pessoas que me conheceram e foram honestas em dizer que mudaram de opinião: MUITO OBRIGADA por me dar oportunidade de mostrar quem eu sou.

* Pessoas que NÃO me conheceram e continuam falando mal de mim por puro achismo: SINTO MUITO. E, de coração espero que não cruzem o meu caminho jamais e que fiquem cada vez mais distantes de mim e do meu trabalho.

Ufa... fui um 'cadim ruim aí nesse ponto, hem?! Não ligo... não pra esse tipo de gente (que eu tenho certeza que está lendo e vai mandar msg inbox "prazamigas": cê viu o que a DITA escreveu?! Nuh, como ela é grossa!).



(isso aí é só pra ilustrar e pai e madrinha, eu sei que está errado o escrito, viu?! É proposital, peguei no facebook essa imagem!!)



Esse post foi, além de um desabafo, uma forma de agradecer a todas essas pessoas MARAVILHOSAS que Deus colocou no meu caminho: minhas alunas queridas!!



Beijos carinhosos a quem leu até aqui!!

Pati

Campeão de 2013!

Sem sombra de dúvidas O Mágico de Oz foi o tema mais pedido desse ano. 
Até o final de 2013 ainda tenho mais alguns para entregar =)
Não há nada melhor do que fazer um tema que a gente tem tanto carinho! 
E esse tem cheiro, cor e sabor da minha infância... ♥

















Bolo Glinda e Oz (Baseados no filme "Oz, Mágico e Poderoso")

Projeto Mirella

Projeto idealizado pela mamãe da Mirella.

Loretha entrou em contato comigo e pediu que eu representasse no biscuit mês a mês o primeiro aninho de sua filha.

Mãe carinhosa, Loretha comemorou os 12 "mesversários" da pequena Mirella, com bolos que em cada um havia um bichinho. Ela me mandou as fotos do desenvolvimento da filha e dos respectivos bolos e assim pude tentar materializar no biscuit o que ela desejava. A 12º bonequinha, Mirella segurando um pincel e um balde de tinta, mostra o fechamento desse ciclo colorido em sua vida que somente está se inciando =)

Fiquei bem feliz com os resultados...

 


Por trás do ateliê

Nossa, há muito não posto por aqui, mas hoje me bateu aquela "vontadezinha" rsrs

Se vc tem paciência para ler, puxe sua cadeira e vamos conversar =)

Esse post talvez ajude algumas pessoas que, assim como eu, optaram por ter o artesanato como fonte de renda e, com certeza absoluta, já passou por alguns dilemas. Abaixo descrevo dois deles.

Em uma conversa com uma outra colega do biscuit, ela me falou que não atender a todos os que nos solicitam, pode gerar uma certa antipatia entre os clientes e nós, fornecedores. Uma outra pessoa me falou que não passar um número de telefone para que o cliente pudesse entrar em contato comigo, poderia fazer com que eu perdesse muitos clientes... pois bem, sobre esses dois temas que gostaria de falar um pouquinho hoje.

Primeiro, vamos ao telefone:


Durante muito tempo eu passava o telefone fixo (que é o de minha residência) e tinha um celular só pra atender aos clientes. Durante esse tempo, funcionou bem. Até eu perceber que se eu já não tenho muito tempo de descanso, aí que eu tinha menos ainda.

Um dia recebi uma ligação de uma cliente domingo, às 22:30 que começou a conversa bem assim: "Pati, só consegui botar meu filho pra dormir agora, por isso estou te ligando". Foi a gota d´água. Pq a essa hora, eu já estava deitada, tentando descansar, pois trabalho também no domingo, com meus filhos todos dormindo, mas levantei sobressaltada. Meu pai e minha mãe me ensinaram que a gente não deve ligar na casa das pessoas antes das 8hs nem depois das 22hs (muito embora meu pai não respeite essa regra qdo vai me ligar kkkk).

Outra questão: Recebia muito telefonema, anotava o que a cliente queria num papel, e que, se batesse um ventinho, adeus... ficava informação perdida e eu totalmente descontrolada.

Eu sei, eu sei, você pode estar pensando que muitos clientes gostam de ligar pra ouvir a nossa voz e assim ficarem seguros e eu te digo: muitos dos meus clientes (a maioria esmagadora) são provenientes de indicação. Não existe segurança maior que essa... um cliente satisfeito te indica pra vários outros e se a experiência via email funcionou com ele, a chance de funcionar com outro e outro e outro é grande...

Optei por atender única e exclusivamente por email pois assim temos seguras as informações, tanto eu quanto o cliente. Fica tudo registrado por dia, horário, tudo, tudinho! Qualquer dúvida, damos uma pesquisada ali que está tudo registrado.

----------------------------

Sobre perder clientes pois não consigo atender a todos nem responder os emails a tempo...

Uma vez uma cliente me falou que gostava de trabalhar comigo, pq eu respondia o email prontamente e sempre podia fazer os trabalhos dela.

Essa época era muito boa, mas eu quase não tinha trabalho, então era fácil. Hoje não mais. Preciso dedicar a maior parte à modelagem e menos aos emails, mas claro que ainda os respondo, afinal se não os respondesse não teria encomendas para fazer rs.


Bom, num negócio onde eu sou de tudo um pouco, é preciso saber estabelecer as prioridades. Ora a prioridade é modelar, ora responder aos emails. Ora cuidar da minha casa/família, ora me dedicar ao ateliê.

O fato é que como disse aqui, ainda não sou uma polva  (peço isso todo Reveillon!) e realmente não dou conta de atender todo mundo, infelizmente =(

Não pense que esse "não atender" não me causou sofrimentos. Muitos. Mas meu trabalho hoje, era meu hobby ontem. É preciso muito prazer para tocá-lo pra frente. Sendo assim, optei por não sofrer mais por não agradar ao mundo inteiro e me empenho em agradar aos poucos que consigo ter comigo durante o ano.

Recebi uma cliente semana passada que veio buscar uma peça para o aniversário da filhota. Após alguns minutinhos de conversa ela falou assim: "Nossa, Pati! Você não é nada antipática!! Você é uma graça, como os seus biscuits!". Já ouvi isso várias vezes de algumas clientes que tenho contato na entrega dos pedidos.

Muitas pessoas acham que aqui atrás tem uma Patrícia fria, que responde aos emails sem muito lenga-lenga, que não fala ao telefone rsrsrs mas na verdade eu sou a Pati, a mesma que modela, responde email, embala peças, entrega, despacha, cuida de casa, filhos, não cozinha bem etc...

Se às vezes sou curta pra responder aos emails, é no intuito de agilizar o esquema todo em que estou inserida =)

Ou seja, faço tudo, na medida do possível, tentando dar o meu melhor em cada momento ;)

Bjs carinhosos,

Pati